Atualidade

Ar das escolas pode potenciar o desenvolvimento de obesidade, revela estudo do ISPUP

01 Mar. 2019

A presença no ar das salas de aula de substâncias que provocam alterações hormonais pode originar o desenvolvimento de obesidade nas crianças. A conclusão é de um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve como objetivo “analisar o efeito dos disruptores endócrinos” em crianças entre os sete e os 12 anos. A descoberta foi recentemente publicada na revista Allergy, sob o título “Exposure to indoor endocrine disrupting chemicals and childhood asthmas and obesity”.

 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Opinião

Apoio

Grupo Medinfar


My Obesidade é um projeto editorial da responsabilidade da News Farma, possível com o apoio do Grupo Medinfar.